sábado, 30 de maio de 2015

Vó Isabel.
Vó Zabelinha.

Minha, nossa parteira de Varzelãndia-MG.
digo parteira no sentido que ela fez o parto da minha mãe que me pariu.
Da minha geração, as ateriores, e as posteriores. Todos, ou a garnde maioría dos Varzelãndenses.
Nasceram em suas mãos de anjo!
Minha Vó Zabelinha, como eu a chamava e todos que a amavam.
E eram todos, todos tinha carinho, respeito e amor por Vó Isabel.

domingo, 17 de maio de 2015

Hoje, estou feliz
cantei sem motivo.
pisquei com o perigo.
amei inimigo

chove mansinho
molha meu umbigo
li com carinho
a mensagem de você

amo esse jeito
de olhar torto
de ficar parado
diante do estrago
que o seu sonho foi.